Seguidores

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O vendedor de balões


Um vendedor de balões infláveis fazia ponto numa praça.
Toda vez que as vendas diminuíam,
ele soltava um balão pra chamar atenção das pessoas.
E as vendas reaqueciam por alguns minutos.
Ele alternava as cores dos balões que soltava.
Primeiro o branco, depois o vermelho, logo em seguida o amarelo...
Quando estava para soltar o balão azul,
Um menino negro puxou a manga do seu paletó
E perguntou para o vendedor:
- se o senhor soltar um balão preto, ele também sobe?
O vendedor pensou muito e respondeu:
- filho, o que faz subir o balão é o que ele tem dentro dele.
Isso também vale para a vida.
O que vai fazer você subir e alcançar seu sonho,
é o que você tem dentro de si.
A capacidade de pensar.
A capacidade de escolher.
A capacidade de decidir.
Você,
Apenas você,
Exerce um controle pessoal
Sobre esses poderes

3 comentários:

Pamela Chris disse...

Livro – O Reino de Milian
Sinopse
A guerra dos três Reinos já preocupava Ana e sua mãe antes mesmo de David, um garoto do Reino inimigo, chegar. A partir daí Ana vê sua vida mudada. Juntamente com alguns amigos ela deve viajar entre os Reinos, mesmo com o perigo da guerra, e efetuar uma missão nobre. Uma missão que poderia trazer de volta a paz, a alegria que uma guerra de vinte anos tirou. Uma missão que uniria Milian novamente.
E Ana está disposta a isso, mesmo que signifique que ela pode não voltar viva.

Gostou? Então dá uma olhada no blog do livro: http://www.oreinodemilian.blogspot.com
;)
BJS

Carlos Rímolo disse...

Minha querida amiga e grande poetisa Adriana !!!

Passando por aqui para deixar meu carinho e,
Desejar-lhe um maravilhoso Natal e, um belíssimo
Ano Novo.
Que os seus caminhos sejam sempre iluminados,
Com muita paz, poesia, felicidades e amor em seu
Coração e, agradecer-lhe o seu carinho para comigo
E meus trabalhos neste ano que está passando!!!!!!!!
Beijos de luz !!!

POETA CIGANO – 23/12/2012

http://carlosrimolo.blogspot.com

Macaé – Rio de Janeiro – Brasil.

JOTA ENE ✔ disse...

Gostei do que li ...

.../