Seguidores

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Missa Profana

Nesta hora santa,
orai em meu altar de linho.
Dominus vobiscum!
Meu senhor está em mim.
Bendita sou entre as mulheres!
Alisai-me com carinho,
Curvai-vos,
Beijai meu ventre
E entre orações
E cantos
Explorai meus encantos.
Abri minha alma-missal:
Sou a boa-nova
Que se renova a cada leitura
Em mim, profana escritura.
Tomai meu seio:
É o vosso pão,
Pão da vida
Retorcida de prazer.
Comei-o com sofreguidão.
Levai meu cálice à boca,
Bebei do vinho que escorre.
Quem bebe deste vinho
Só morre de amor.
Vinde a mim,
Vosso reino,
Sou ofertório inteiro.
Comungai...comungai meu prazer
Amai-me
- Amém.

(Emília Casas)

®Pecado Poético
www.pecadopoetico.blogspot.com

Um comentário:

Jardins das palavras disse...

AMIGA REGGINA MOON
VOCÊ É SHOW
ADORO SUA FABULOSA BUSCA PELAS INUSITADAS
PALAVRAS ENTREGAS AO AMOR...
SÃO PESSOAS QUE OLHAM COM OLHAR DE ALMA
DE VERDADE SEM MENTIRA.
AQUELE QUE NÃO SE ESCONDE EM MASCARAS
LUXUOSAS DE VENEZA
ÉS SIMPLES NA RIQUEZA DA LITERATURA
NA MAIS REAL E BONITA LINGUAJEM.
PARABÉNS
AMO VOCÊ!
ADRIANA LEAL